quarta-feira, fevereiro 7

Rio Doce continua subindo e causa inundação em Minas Gerais e Espírito Santo

Mesmo com a previsão de chuvas fracas nas próximas horas, o nível do rio Doce preocupa em diversos pontos e deve entrar em estado de inundação em Tumiritinga esta noite. A previsão é do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), divulgada nesta quarta-feira, dia 07/02, através de boletim do Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do rio Doce (SAH Rio Doce). Em Tumiritinga, o nível de alerta do rio Doce é 4,0m. Hoje, às 11h, já estava em 4,16, com previsão de subir em torno da cota 4,7 metros à noite, acima do nível de inundação que é de 4,5m.

Rio Doce transbordou em Governador Valadares e Linhares

Pesquisador do ITT Fóssil, Gerson Fauth visita litoteca de Caeté

O professor e coordenador do Instituto Tecnológico de Micropaleontologia do ITT Fóssil da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Gerson Fauth, esteve na Litoteca de Caeté e na Superintendência Regional de Belo Horizonte. O objetivo da visita foi conhecer o acervo de amostras coletadas no Atlântico Sul durante as expedições realizadas pelo programa de Geologia Marinha, executado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

Pesquisadores durante a visita à litoteca de Caeté

Conselho de Administração elege Esteves Colnago diretor-presidente


Assinatura do termo de posse aconteceu no escritório do Rio de Janeiro

O Conselho de Administração do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) se reuniu nesta terça-feira (6/2), no escritório do Rio Janeiro, e decidiu por unanimidade eleger Esteves Colnago o novo diretor-presidente da instituição. Colnago ocupava o cargo de diretor de Relações Institucionais e, desde outubro de 2017, respondia interinamente pela presidência da empresa. 

O colegiado destacou a capacidade de liderança e articulação de Colnago à frente da CPRM para promover o diálogo da instituição com os diversos setores da sociedade.  Durante a reunião, o presidente do Conselho de Administração Otto Bittencourt e demais conselheiros deram posse a Esteves Colnago como diretor-presidente, sendo que ele continuará respondendo pela Diretoria de Relações Institucionais e Desenvolvimento até indicação de novo diretor.

Assessoria de Comunicação 
Serviço Geológico do Brasil - CPRM 
asscomdf@cprm.gov.br 
(61) 2108-8400

sexta-feira, fevereiro 2

MCTer promove “Tertúlia sobre as Geociências”

Diógenes Campos explanando no evento "Tertúlia sobre as Geociências".

Aproveitando o fenômeno da superlua azul de sangue coincidindo com o eclipse lunar que aconteceu na quarta-feira (31/01) o Museu de Ciências da Terra programou o evento “Tertúlias Lunares”, para abordar o tema tão explorado pela mídia durante a semana.

No encontro, Diógenes Campos, curador do acervo do Museu, explanou sobre o único satélite natural da Terra, a Lua, que tanto mexe com o imaginário das pessoas, e que é exaustivamente citada em prosa e versos.

Citou sobre o mês intercalar, que acontece de três em três anos, que significa o décimo terceiro mês lunar, que foi a forma encontrada para corrigir o calendário lunissolar.

Reportou-se ao uso da Lua nas civilizações antigas, como Egito, Mesopotâmia e China, como meio de medir o tempo, as horas, e como foram instituídas as estações do ano dependendo da posição dos astros. Falou, também, como as datas comemorativas móveis , como Carnaval e Semana Santa dependem do calendário lunar. Explicou que o calendário lunar foi essencial também para que os povos antigos determinassem para a sua comunidade o dia de início  da plantação.

O que é tertúlia?
É um encontro de amigos ou frequentadores de um determinado local  que se reúnem regularmente  para falar e discutir sobre um determinado tema. O MCTer planeja fazer esses encontros mensalmente, no dia de lua cheia, onde serão abordados os mais diversos assuntos sobre as Ciências da Terra.

Assessoria de Comunicação 
Serviço Geológico do Brasil - CPRM 
asscomdf@cprm.gov.br 
(61) 2108-8400

quarta-feira, janeiro 31

CPRM divulga boletim que indica nova previsão de subida do rio Madeira e afluentes

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) divulgou nesta segunda-feira, dia 29, boletim de monitoramento da Bacia do Rio Madeira. A avaliação da situação hidrológica atual do rio, baseada em dados monitorados pela CPRM, apontam que os níveis do rio Madeira e de seus afluentes permanecem acima do esperado para esta época do ano em todos os pontos de monitoramento. Em Porto Velho, o nível do rio chegou a atingir a cota de alerta (15m) e ainda permanece acima da cota de atenção (14m). O rio Madeira e Abunã apresentaram redução de níveis, enquanto os rios Mamoré e Guaporé permanecem subindo.

Previsão do Cemaden para a vazão nos próximos 15 dias na estação Porto Velho (de 29/01 até 13/02)


Santa Catarina será o primeiro estado a receber diagnóstico sobre áreas de risco

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) iniciou neste mês de janeiro as atividades de campo para o mapeamento das áreas de risco do Estado de Santa Catarina. No total, 80 pesquisadores da CPRM vão se envolver no projeto que deve durar 18 meses. O trabalho resultará no diagnóstico completo do Estado, tanto na identificação das áreas de risco, como nas áreas suscetíveis a movimento gravitacionais de massa e inundação. O trabalho tem caráter inédito. Pela primeira vez no Brasil, será aplicada a metodologia de análise de Perigo e Risco, desenvolvida em cooperação com o governo japonês (Projeto GIDES) em cinco municípios-pilotos.

Avaliação de áreas de risco geológico no município de Salto Veloso